IBM se une a Canonical

October 21, 2009

IBM e Canonical, após anunciarem pareceria para lançamento de desktops Linux na Africa, levam o acordo de distribuição para os EUA.

A idéia é ter um sistema operaional Linux com a aplicação Smart Client da IBM chamada Open Collaboration Client Solution software. Para quem se pergunta qual o real motivo desta união. A resposta é simples: Windows 7.

O custo da migração para Windows 7 para muitos usuários de PC seria em torno de U$ 2,000.00 (entre software e hardware). O Sistema Operacional Linux e os softwares IBM são mais baratos para implantação.

Para Bob Picciano, gerente geral da IBM Lotus, “as empresas precisarão avaliar os custos com migração para a próxima versão do Sistema Operacional da Microsoft, assim como gastos contra vírus e outros ataques. Elas pediram alterantivas e apresentamos o IBM Client for Smart Work“.

Sendo a IBM a maior empresa de hardware dos EUA, é certo que muitas empresas optarão por não atualizarem hardware para migração ao Windows 7, continuarão a utilizar o Windows XP ou optarão por um Sistema Operacional moderno mas que funcione em seu hardware antigo. Ubuntu e IBM disponibilizarão para estes usuários uma alternativa viável ao Windows 7.

Para saber mais
Open Collaboration Client Solution software
Livre tradução: IBM and Ubuntu roll Linux for U.S desktops vs Windows 7

45

Apple lança Mouse revolucionário

October 21, 2009

A Apple apresentou hoje um modelo de mouse que pretende revolucionar a maneira como o usuáro interage com o computador. O Magic Mouse, nome do hardware, além das funcionalidade tradicionais, ele conta ainda com sensores que identificam gestos realizados com um ou dois dedos.

O Magic Mouse possui conexão bluetooth e custará apenas U$69,00. O Magic Mouse fará parte dos componentes disponíveis no novo iMac.

Para saber mais
Apple – Magic Mouse

0

Descubra o Google Wave

October 16, 2009


O que é?

O Google Wave é uma ótima ferramenta online de colaboração visando uma comunicação com muito mais produtividade. Pensando em funcionalidades, ele tem: rapidez; facilidades para compartilhar vídeos, documentos, imagens, mapas e rich text (texto formatado).

O Conceito de Wave?

Um Wave pode ser uma conversa ou uma mídia(imagem, vídeo, mapas ou texto formatado) onde é possível discutir e trabalhar em conjunto.
Como é possível adicionar mais de um contato ao Wave, podemos usar isso para fazer uma reunião remota, uma discussão entre amigos ou até um trabalho escolar.

Criando um Wave

1 – Clique em New Wave

2 – Selecionar os participantes do Wave

3 – Digite o seu Wave ou compartilhe uma mídia


4 – Clique em ‘Done’ e pronto, seu Wave foi criado!

Principais Funcionalidades

Colaboração em tempo real:
Quando você começa a escrever, as outras pessoas já conseguem ver o que você está escrevendo!

Playback:
O Playback funciona como um replay de todas as discussões de um determinado Wave sendo controlado cada passo por você. Cada ‘Next’ é mostrado um reply seu ou de um outro participante do Wave, informando também, além além da data, quem iniciou o Wave.

Linguagem Natural:
Modelos contextuais que fornecem sugestões e ortografia.

Gadgets:
É possível criar aplicações gadgets ou robôs para serem usados dentro do Wave e que podem ser colocadas dentro de seu site usando uma simples API javaScript.
Esses Gadgets podem ser hospedados na App Engine, que suporta Java e Python. Futuramente será possível hospedar robôs em seu próprio servidor.

Conclusão

Como podemos perceber, o Google Wave veio com tudo e promete ser uma ferramenta muito usada. Como sempre, o Google não brinca. (risos)

Durante os testes, foi percebido uma lentidão repentina. Esperamos anciosos que isso seja resolvido.

———

Agora, se você ficou animado com o Google Wave, vai gostar dessa notícia.
O Versão Digital dará um convite* para as três pessoas que derem as melhores repostas para a pergunta “Como você utilizará efetivamente o Google Wave?“. Deixe a resposta nos comentários desse post. Resultado na segunda-feira, dia 19/10 ás 17hrs.

* Mesmo o convite sendo enviado na mesma hora, o google está demorando a liberar o cadastro.

45

Google Wave Notifier

October 14, 2009

O primeiro Add-on para firefox para o acesso ao Google Wave acaba de ser lançado. O Google Wave Notifier avisa sempre que existirem novas mensagens na caixa de entraga do Google Wave.

O utilitário funciona em qualquer versão do Firefox 3.x e é preciso ter uma conta no novo serviço do Google.

Para saber mais
Google Wave
First Google Wave Firefox Add-on is Here: Google Wave Notifier

0

1º Simpósio Brasileiro de TV Digital

October 14, 2009

Acontece entre os dias 18 e 20 de novembro de 2009 o 1º Simpósio Brasileiro de TV Digital. O evento acontecerá na Universidade do Estado de São Paulo (UNESP) no campus Bauru.

Com o objetivo de discutir a tecnologia digital, em especial, a televisão, além de sensibilizar e estimular pesquisadores, alunos, professores e profissionais, será realizado o 1º Simpósio Internacional de Televisão Digital. O evento é uma realização do Mestrado em Televisão Digital, UNESP, e será realizado em Bauru, estado de São Paulo, nos dias 18, 19 e 20 de novembro.

Tem a finalidade de discutir e analisar o potencial econômico, social e cultural da produção de conteúdos para plataformas digitais, promovendo a interação entre a academia, produtores de conteúdo e empresas tecnológicas, como espaço de desenvolvimento sustentável. É objetivo perceber os impactos desse conteúdo para as práticas de ensino a distância.

Segue a programação

18 de novembro

19h – Recepção dos participantes

19h30 – Sessão de Abertura

20h – Conferência de Abertura
“Panorama da Televisão Digital no Brasil: perspectivas e embates” – Euzébio Tresse (Consultor do Fórum SBTVD)

19 de novembro

10h – Mesa 01 :
– Comunicação, Produção de Conteúdos e Políticas Públicas: desafios para Televisão Digital no Brasil – Mauro Garcia (TV Cultura), Fernando Dias (Presidente da ABPI – TV)

14h – Mesa 02 :
– Tecnologias educacionais para a Televisão Digital – Fernando Spanhol (Diretor da ABED), Maria Teresa Quiroz (Universidade de Lima, Peru), Márcio Pereira (Canal Futura), Érico da Silveira (TV Escola / MEC)

20h30 – Mesa 03 :
– Padrão do Sistema Digital Brasileiro: convergência, interatividade em multiplataformas – Guido Lemos (UFPB), Luis Valle (Universidade de Palermo, Argentina), Fernando Bittencourt (Diretor de Tecnologia da TV Globo), Salustiano Fagundes (HXD Interactive)

20 de novembro

8h – Relatos de Pesquisa

10h – Seminário de Dissertação

12h – Almoço

14h – Grupos de Trabalho

18h – Plenária de Encerramento

44

Serviços Bancários pela Internet apenas com Linux

October 14, 2009

Responsável pela coluna de segurança digital do Washington Post, o jornalista Brian Krebs, recomendou a utilização de distribuições live do Linux para acesso a Internet Bancking no lugar do Windows.

Em sua coluna ele conta a história de duas empresas que perderam entre 100 mil e 450 mil dólares aproximadamente para ladrões “armados” com malwares.

O curioso é que Brian não está sozinho em suas recomendações. O Centro de Analises e Informação Compartilhada de Serviços Financeiros (livre tradução), grupo mantido por alguns dos maiores bancos mundiais, apresentou um relatório em que sugere as empresas a realizarem transações bancárias em computadores onde serviços de e-mail e navegação não sejam possíveis.

Para saber mais
Avoid Windows Malware: Bank on a Live CD
Washington Post Says Use Linux To Avoid Bank Fraud

0

Ubuntu One

October 14, 2009

Aplicações de sincronização de arquivos com a web não são novidades. O Dropbox funciona muito bem tanto para Linux quanto para Mac e Window. Com a chegada da mais nova versão do Ubuntu, é anunciado a inclusão do Ubuntu One.

O serviço é simples: armazenamento de dados na web. O serviço estava disponível desde a versão 9.04 do Ubuntu e agora deve ganhar mais notoriedade pois passará ser disponibilizado nativamente no Ubuntu 9.10.

O usuário terá direito a 2 GB de espaço gratuitamente. Caso deseje, poderá realizar o upgrade para 50 GB pagando o valor mensal de U$10,00.

0

Lua – Strings – Parte 1

October 14, 2009

Falaremos neste post sobre manipulação de strings.

Strings devem estar entre aspas (simpes ou duplas).

local texto1 = ‘Ola mundo.
local texto2 = “Versão Digital

Funções Báscias

string.byte()
Retorna o valor da tabela ASCII

s = string.byte(‘A’)
print(s)

string.char()
Retorna um caracter a partir do valor numérico da tabela ASCII.

s = string.char(66)
print(s)

string.len()
Retorna o tamanho da string.

s = ‘Programar em LUA é muito fácil.’
a =
string.len(s)
print(a)

string.lower()
Retorna um string com os caracteres maiúsculos convertidos para minúsculo

s = ‘Programar em LUA é muito fácil.’
a =
string.lower(s)
print(a)

string.rep()
Retorna uma cadeia de caracteres concatenada N vezes.

s = ‘Lua ‘
a =
string.rep(s,3)
print(a)

string.reverse()
Retorna a string invertida

s = ‘Programar em LUA e muito facil.’
a =
string.reverse(s)
print(a)

string.sub()
Retorna uma substring a partir da string. É necessário informar a posição inicial e a posição final.

s = ‘Programar em LUA é muito fácil.’
a =
string.sub(s,13,16)
print(a)

string.upper()
Retorna a string com os caracteres minúsculos convertidos para maiúsculo

s = ‘Programar em LUA e muito facil.’
a =
string.upper(s)
print(a)

No próximo post falaremos sobre mais algumas funções para strings.

Para saber mais
Lua – Variáveis e Estruturas de Controle
Manual de Referência Lua – Strings

62

Lua – Operadores

September 16, 2009

Continuando com nosso tutorial de Lua, falaremos hoje de operadores.

Operadores são classes de operações sobre variáveis ou elementos pré-definidos. Em lua nós temos quatro tipo de operadores: aritiméticos, concatenação, lógicos e relacionais. Vamos a eles.

Operadores Aritiméticos

Operadores aritiméticos são utilizados para realização de cálculos matemáticos. Os operadores válidos são: Soma ( + ), Subtração ( – ), Multiplicação ( * ), Divisão ( / ), Raiz ( ^ ) e Resto ( % ).

 

local a,b = 10, 3
print(‘Soma (+): ‘.. a + b)
print(‘Subtração (-): ‘.. a – b)
print(‘Multiplicação (*): ‘.. a * b)
print(‘Divisão (/): ‘.. a / b)
print(‘Raiz (^): ‘.. a ^ b)
print(‘Resto (%): ‘.. a % b)

 

Operador de Concatenação

O operador de concatenação permite juntar duas strings gerando uma nova string. Ele é representado por dois pontos ( .. )

 

local a,b = ‘Maria’, ‘João’
print(a .. b)
print(a .. ‘ e ‘ .. b)

Operadores Lógicos

Operadores lógicos são operadores binários. Possui duas variáveis de entrada resultando em apenas uma variável de saída. Em Lua temos os seguintes operadores: E (and), Ou (or) e Não (not).

Para o operador and, o resultado será verdadeiro apenas se as variáveis de entrada forem verdadeiras, caso contrário o resultado será falso.

Para o operador or, o resultado será verdadeiro caso pelo menos uma das variáveis de entrada seja verdadeira. Se ambas forem falsas, o resultado será falso.

Para o operador not, o resultado será a negação da variável de entrada. Caso seja verdadeiro, o resultado será falso. Se a variável for falsa, o resultado será verdadeiro.

A seguir, temos a tabela verdade para os três operadores.

v1 v2 v1 and v2 v1 or v2 not v1
falso falso falso falso verdadeiro
falso verdadeiro falso verdadeiro verdadeiro
verdadeiro falso falso verdadeiro falso
verdadeiro verdadeiro verdadeiro verdadeiro falso
 

local a,b = false, true
print (a and b)
print (a or b)
print (not a)

Operadores Relacionais

Operadores relacionais verificam a relação entre duas expressões ou variáveis. São operadores relacionais: maior que ( > ), menor que ( < ), maior ou igual que ( >= ), menor ou igual que ( <= ), igual ( == ) e diferente ( ~= ).

local a,b = 1, 2

if a == b then
    print(‘a e b são iguais.‘)
elseif a > b then
    print(‘a é maior que b.‘)
elseif a < b then
    print(‘a é menor que b.‘)
end

Para saber mais

Lua – Variáveis e Estruturas de Controle

0

Lua – Tables

September 11, 2009

Dando continuidade ao nosso tutorial de Lua, hoje falaremos de Tables.

Tables são estruturas multidimensionais que permitem o armazenamento de dados diversos.

Sua declaração é semelhante a de variáveis.



local tabela = { }

O acesso a estes valores na table é feito a partir da utilização de colchetes.

local tabela = { }
tabela[1] = ‘Carro
tabela[2] = ‘Moto
local variavel = tabela[1]
print(variavel)

Uma outra forma de atribuir valores a uma table é durante a sua declaração.

local tabela = {‘Carro’ , ’Moto’ , 3.14}

Funções Básicas

table.concat()

Concatena os ítens da tabela.

local tabela = {‘amarelo‘,’azul‘,’vermelho‘}
local var = table.concat(tabela)
print(var)

table.insert()

Insere um valor na tabela.

local tabela = {‘amarelo‘,’azul‘,’vermelho‘}
table.insert(tabela,’verde‘)
print(tabela[4])

É possível ainda, incluir o valor em uma posição determinada da tabela.

local tabela = {‘amarelo‘,’azul‘,’vermelho‘}
print(tabela[1])
table.insert(tabela,1,’laranja‘)
print(tabela[1])
print(tabela[2])

Você pode ver que um novo texto foi incluído na primeira posição da table. O texto que originalmente estava na primeira posição passou a segunda posição.

table.maxn()

Retorna o maior índice numérico positivo da tabela. Caso a tabela não possua índice positivo, será retornado zero.

local tabela = {‘amarelo‘,’azul‘,’vermelho‘}
print(table.maxn(tabela))

table.remove()

Revome da table o último elemento.

local tabela = {‘amarelo‘,’azul‘,’vermelho‘}
table.remove(tabela)
for i=1, table.maxn(tabela) do
print(tabela[i])
end

É possível ainda informar qual o índice do elemento que deverá ser removido.

local tabela = {‘amarelo‘,’azul‘,’vermelho‘}
table.remove(tabela,2)
for i=1, table.maxn(tabela) do print(tabela[i])
end

No exemplo anterior, removemos o segundo elemento da table.

table.sort()

Ordena os elementos da table

local tabela = {‘verde‘,’amarelo‘,’azul‘,’vermelho‘}
table.sort(tabela)
for i=1, table.maxn(tabela) do
print
(tabela[i])
end

Algumas destas funções permitem a inclusão de outros parâmetros, aumentando a gama de opções, no entanto, iremos no restringir ao básico para desenvolvimento.

No próximo post, falaremos sobre operadores.

Para saber mais:

Lua – Variáveis e Estruturas de Controle

Manual de Referência de Lua – Table

0